sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O nada e o mundo

O nada e o mundo flertam corrosivos
o mundo pura ficção
o tempo ilusão
perenidade é salto e vazio
ilusão 
efêmero é o mundo
imaginar-se um mundo e ser um nada
o ser e o nada
desimportante
inutil
remédio?
apenas a doce ignorância ou a liberdade da morte

Nenhum comentário:

Postar um comentário