domingo, 21 de junho de 2015

parlamentares trapalhões

Os parlamentares brasileiros que, gastando dinheiro público, foram à Venezuela apesar de não terem sido convidados pelo governo ou Parlamento Venezuelano poderiam ter causado um estrago enorme ao país.

O que foram fazer lá afinal? 

Bem, disseram que foram convidados por setores oposicionistas e representantes da sociedade civil organizada do país, onde estavam os anfitriões? 

O fato é que mesmo nesta condição, de convidados da oposição, obtiveram do governo brasileiro todo apoio para seu deslocamento e segurança, e foram prontamente atendidos. 

O fato é que ao chegarem a Caracas e desembarcar, foram recebidos e acompanhados pelo embaixador brasileiro e protegidos pela polícia venezuelana, e enfrentaram o tradicional tráfego intenso da cidade e protestos espontâneos de alguns cidadãos defensores do governo local.

Como a visita foi um fracasso criaram um factoide que mereceria ser denunciado, mas a imprensa parece ter comprado a versão improvável dos trapalhões parlamentares. Triste capitulo da Historia. 

E mais, os parlamentares trapalhões parecem ignorar que o conflito diplomático que essa palhaçada poderia ter criado pelo grupo liderado pelo senador Aécio Neves da Cunha poderia prejudicar a importância do comércio entre Brasil e a Venezuela, que só no passado rendeu R$ 14 bilhões ao Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário