terça-feira, 7 de abril de 2015

A HIPOCRISIA E A ESCOLHA IDEOLÓGICA MASCARADAS DE DEFESA DA MORALIDADE

Os Procuradores da "Lava Jato", cuja força-tarefa é coordenada por Delton Dallagnol, escreveram em artigo que merece reflexão honesta. 

Escreveram "a corrupção é tão violenta quanto o tráfico de drogas. Corrupção mata, e mata mais do que o tráfico. Precisamos de um Brasil que trate igualmente corruptores, corruptos e traficantes".

Hipócritas.  A Laja-jato deve seguir investigando é claro, mas a pergunta é: por que os tais paladinos da moralidade e suas investigações seletivas protegem os adversários do governo Lula-Dilma, não há mais como negar esse fato.

Se a corrupção é "tão violenta quanto o trafego de drogas" por que então, não foi apurada a apreensão de um helicóptero com 400 quilos de cocaína em 2013 no Espírito Santo; aeronave pertencia a familiares do senador Zezé Perrella, do PDT de Minas Gerais e aliado do então candidato presidencial Aécio Neves?  

O trabalho seletivo e permanente contra um dos lados do universo político não tem a ver com justiça nem combate à corrupção. Envolve escolhas políticas. O saldo final é a propaganda.

(reflexão a partir do texto do jornalista Paulo Moreira Leite).

Nenhum comentário:

Postar um comentário