terça-feira, 8 de abril de 2014

ainda sobre passos e caminhos


Se eu receber da sorte
um caminho comprido
sorriam comigo
ou por mim
cada passo será um "assim assim"
sem fim










Mas se o caminho for justo
não pensem que não bastou
sem lágrimas
ou lamentos
pois se o que é "é"
"o que é" não pode "não ser" também
se justo for
injusto não será

E os que me amaram
sigam com os olhos atentos
ao belo
aos passos
e aos inesquecíveis jogos da Ponte Preta

Nenhum comentário:

Postar um comentário