quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

fim amável.

escolhi caminhos tortos
toscos
turvos
ocos
esquinas desconhecidas
anônimas
encruzilhadas perigosas
ruas sem saída

por que?

escolhas ruins?
ai de mim...
pressa nos atalhos infinitos
troquei alhos por bugalhos
tropecei tantas vezes
que de tropeços sinto falta

por que?

pouco importam os "porquês"
é o fato
como um triste beco escuro
fétido
esse das minhas escolhas
agora
achar um bom caminho
escrever um fim amável

Nenhum comentário:

Postar um comentário