quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

“quem semeia ventos, colhe tempestades”.


No quadro "A Captura de Cristo", Caravaggio retrata o beijo com que Judas Iscariotes traiu Jesus.

A Traição é uma forma de decepção ou repúdio, é o rompimento ou violação da presunção de um contrato cujo fundamento é a verdade e a confiança. 

Ser traído e sentir-se traído produz conflitos morais e psicológicos entre os relacionamentos individuais, entre organizações ou entre indivíduos.

Geralmente a traição uma ruptura completa da decisão anteriormente tomada ou das normas presumidas pelas outros. Uma das mais graves é a Traição que acompanha o abandono de um amigo, onde você deixa o mesmo praticando a atividade sozinho.

Os traidores se esquecem da lei do retorno, ou de causa e efeito... Traidores, pobres traidores e traidoras, pois “quem semeia ventos, colhe tempestades”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário