domingo, 29 de dezembro de 2013

"Em nome de Deus" de Peter Mullan

Assistimos também um filme irlandês de 2001 dirigido pelo escocês Peter Mullan, ator e cineasta que é mais conhecido por seus papéis em Trainspottingmeu nome é Joe e Harry Potter série de filmes .

É ambientado na Irlanda, década da década de 60. 

E mostra a exploração que a Igreja Católica faz, ou fazia, do "pecado", do preconceito e da ignorância. O filme é uma denuncia sobre a hipocrisia patrocinada pela Igreja Católica Irlandesa e sobre a estupidez humana que se escora no tal "pecado" - uma invenção humana - para fazer o mal e escravizar corpos e mentes.



A história envolve três personagens centrais Margaret (Anne-Marie Duff) abusada num casamento por seu primo, Bernardette (Nora-Jane Noone) é muito bonita e por isso representa um perigo para os homens da vizinhança, Rose (Dorothy Duffy) e Crispina (Eileen Walsh) que são mães solteiras. 


Por causa disso essas quatro mulheres são mandadas para um convento por seus familiares, com o intento de "pagar por seus pecados". Essa punição é por tempo indeterminado, o que significa uma vida de trabalhos forçados na lavanderia do asilo católico. As internas são conhecidas como "as irmãs Magdalena". Elas são humilhadas regularmente pelas madres, que não toleram desobediência, muitas vezes usando até mesmo castigos físicos e fazem delas escravas.

O filme venceu o Leão de Ouro em Veneza em 2002.

Nenhum comentário:

Postar um comentário