terça-feira, 1 de novembro de 2011

no ônibus azul


Adeus sonhos
vencido venci o medo
e bem cedo sai sem rumo
pro sul em um ônibus azul
passagem de ida apenas
antes talvez passe em Alfenas
pra colher jabuticabas e vender da feira

Depois, anônimo e aos prantos,
de volta ao azul do sul
pra seguir o caminho 
tentar driblar o abismo da solidão


Nenhum comentário:

Postar um comentário