sábado, 17 de abril de 2010

sobre a verdade

“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João, 8, 32).

Está frase é própria do pensamento do cristão.

Ao pensar sobre ela temos de concluir pela escolha não apenas da racionalização do fato, mas também buscar a transcendência em Deus, para que sejamos livres para escolher livremente nossas ações, assumi-las, gozar delas ou corrigi-las (reparando os erros).

Assim, não seremos libertados pelos “aspectos da verdade”, ou pelas “verdades provisórias” de que sejamos detentores no círculo das afirmações apaixonadas a que nos inclinemos. Só existe verdadeira liberdade na submissão ao dever fielmente cumprido, mesmo que isso seja dificil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário