sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Minha vida é cheia de imperfeições...

A minha vida é como Carlos Drummond descreveu a sua poesia, cheia de imperfeições... "Minha poesia é cheia de imperfeições. Se eu fosse crítico, apontaria muitos defeitos. Não vou apontar. Deixo para os outros. Minha obra é pública.". Mas a mim só resta vivê-la de forma plena e antecipadamente me desculpar pelos meus erros, defeitos e imperfeições.
Feliz Natal a todos que visitam o blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário